top of page
Republica-do-Mangue_ALTA.jpg

REPÚBLICA DO MANGUE

(2020, 8’, p&b, Brasil, Documentário) | 14 anos

de Julia Chacur, Mateus Sanches Duarte, Priscila Serejo

A Zona do Mangue do Rio de Janeiro era uma conhecida área de boemia e prostituição que enfrentou diversas perseguições ao longo do século XX. De 1954 a 1974, vigorou na região a chamada República do Mangue, um regime representativo em que, sob controle médico e vigilância policial, as mulheres decidiam quem deveria assumir a administração das “casas de tolerância”. A partir de imagens sobreviventes, o curta propõe um outro olhar sobre esta memória de disputa e resistência. As prostitutas configuram uma classe laboral de qualidade quase identitária – e a criação dessa identidade, muito próxima da bruxa, serviu a propósitos de perseguição e extermínio de mulheres. Este documentário pode nos dar a ver registros de uma “caça às bruxas” no Brasil recente e a alargar nossas compreensões sobre quais mulheres, historicamente, foram de fato os alvos principais dessas investidas.

EXIBIÇÕES:

03 de abril | 19h

(quarta-feira)

12 de abril | 18h

(sexta-feira)

18 de abril | 15h30

(quinta-feira)

28 de abril | 16h

(domingo)

bottom of page